30 novembro 2015

Poetizando na Segunda

"Quantos amores de verdade você já teve na sua vida? Pensou. Talvez apenas um. O amor próprio" - Isabela Freitas  

16 novembro 2015

38 verdades brutais sobre relacionamentos


Nossa cultura cria a expectativa de que a vida deve ser como um dia feliz na praia, mas todos nós sabemos que a vida real está longe de ser uma experiência alegre unilateralmente. Em nenhum lugar a nossa cultura apresenta um conjunto mais distorcido de expectativas em torno dos nossos relacionamentos íntimos a longo prazo.
Esperamos sol, caixas de chocolates e romance, apesar do fato de que a maioria de nós testemunhou dificuldades nas relações dos nossos pais durante os nossos primeiros anos de vida.
A verdade é que as relações não são fáceis. Elas nunca são fáceis. Relacionamentos exigem compromisso. Eles exigem que você dedique-se ao bem do outro, assim como exigem que você redefina a definição de amor que a nossa cultura tem entregado a você.
Mais perigoso, talvez, é o fato de que nossa cultura tende a martelar a ideia de que o amor é um sentimento. Mas a realidade é que o amor é ação. Isso funciona. É algo com o qual devemos nos comprometer.
Quando você é capaz de aceitar isso, e superar a expectativa prejudicial de que você deveria se sentir de uma maneira singular, feliz o tempo todo, você abre espaço para a verdadeira alegria de estar em parceria íntima, uma alegria que alarga-se para dar espaço para a luta.

04 novembro 2015

20 boas açoes que todos deveriam fazer uma vez na vida



Se dizem que é dando que se recebe, é bom arregaçar as mandas e começar a doar sorrisos e ajuda a tudo e todos e contribuir para um mundo melhor. Difícil? Nem um pouco! Somando a + b, são as pequenas coisas que podem mudar o dia (ou a vida) de alguém - se um amigo, ou não.


Filme: Divertida Mente


Quem ainda nao assistiu esse filme nao sabe o que esta perdendo. 
Eu sempre fui apaixonada por animação, e fiquei louca quando vi o trailer de divertida mente
achei a historia linda, apesar de ser um pouco complexo para crianças, 

O filme conta a historia do que se passa na cabeça de Rilley. Todos seus sentimentos, lembranças, sonhos, é feito atraves de pequenas pessoas que habitam sua cabeça. 
No comando central fica a alegria, a tristeza, a raiva, o medo e a nojo. 


a historia começa a se desenvolver quando tristeza acaba desconectando as memorias base, destruindo as ilhas de personalidades, destruindo assim os sentimentos de rilley perante aquelas coisas que gostava.
No final a alegria que tentava de todo jeito salvar sua menina, tentando de todas as formas levar as memorias bases para a torre de comando, descobre que a unica capaz de fazer aquilo seria a tristeza. pois rilley so ficava feliz depois de todos os momentos tristes. 

O filme tem uma historia leve e bem divertida, com cores e personagens que perdem a atenção. 
choro sempre no final, posso assistir 2,3,4 vezes mas irei chorar em todas. 


Quem ainda nao assistiu, nao deixem de ve. e voce que ja viu o que achou em relação ao filme?





02 novembro 2015

Frases do livro 13 porques


Esse é um dos meus livros preferidos, não tem como nao chorar sempre que leio 
Os 13 porquês conta a historia de Hannah uma menina que se matou e grava 13 fitas para as pessoas que a fizeram cometer suicidio. 
O livro é pouco conhecido mas tem tudo para virar uma febre. 
separei as frases que mais gostei. 


Era exatamente isso que eu queria para mim. Queria que as pessoas confiassem em mim, apesar de qualquer coisa que tivessem ouvido. E, mais do que isso, queria que me conhecessem. Não aquilo que pensavam saber a meu respeito. Mas eu de verdade.

Ao me conscientizar de que ninguém sabia a verdade a respeito da minha vida, meus pensamentos sobre o mundo ficaram abalados.
Como se estivesse dirigindo por uma estrada acidentada e perdendo o controle do volante, sendo jogada - só um pouquinho - para fora da pista. As rodas levantam poeira, mas você consegue puxar o carro de volta. Mesmo assim, não importa que esteja segurando bem firme no volante, não importa o quanto esteja se esforçando para tentar guiar em linha reta, algo fica empurrando você para o lado. Você já não tem quase mais nenhum controle sobre nada. E, a certa altura, a luta se torna excessiva - cansativa demais - e você considera a possibilidade de largar tudo. De deixar acontecer uma tragédia… ou seja lá o que for.


“Uma pessimista? Uma otimista? Nenhuma das alternativas. Uma idiota.”

- Como você está se sentindo hoje?
- Neste exato momento?- Neste exato momento.- Neste exato momento, me sinto perdida, eu acho. Meio vazia.- Vazia como?- Simplesmente vazia. Simplesmente nada. Não me importo mais.
- O que precisa parar?
- Preciso que tudo pare. As pessoas. A vida.
Às vezes não tem ninguém em volta para mandar você ficar quieto... 
Às vezes você precisa ficar em silêncio quando está completamente sozinho. Como eu, agora, neste instante. Shh!


Fiquei pensando em suicídio. Na maioria das vezes, era apenas um pensamento passageiro. Eu queria morrer. Pensei nessas palavras muitas vezes. É algo difícil de dizer em voz alta. É ainda mais assustador quando você sente que pode estar falando sério.

- Preciso que a coisa pare.

Escuto mais de perto.

Eu quis ligar pra alguém. Contar o que tinha acontecido, e que doía. Mas não havia ninguém ali. Ninguém com que eu pudesse contar. Ninguém disposto a abrir mão do sono para ouvir minhas queixas. Ninguém que se importasse. Então eu virei pro lado e a dor veio. Rápida. Forte. Devastadora. Senti minha alma se rasgando ao lembrar daquelas palavras. E dói. Ainda dói.”


E ai voce ja leu esse livro? o que achou?
e quais sao suas frases preferidas? 




Ilustrações de Geneviève Godbout


Esses dias estava visitando alguns blogs e encontrei o Sorriso Espontâneo onde publicou um post com as ilustrações de Geneviève Godbout, nas quais eu adorei e achei legal compartilhar o trabalho dela com vocês, pois é muito fofo e tenho certeza que vocês vão gostar!

Quem é Geneviève Godbout?

Geneviève Godbout é uma ilustradora que nasceu em Quebec, no Canadá. Desde pequena sempre gostou de desenhar, correu atrás de seu sonho indo estudar em Montreal e Paris e após se formar foi morar em Londres onde conseguiu trabalhar para um departamento da Disney (fazendo ilustrações para os produtos vendidos em lojas e parques).
Seus desenhos são simples e delicados, a pintura macia feita com lápis de cor deixa-os mais bonitos do que já são. Deem uma olhadinha no trabalho da canadense.

Quadros com pregos: faça voce mesma


Uma ideia criativa para quem quer mudar o ambiente é quadros, uma nova tencencia que surgiu por ai foi o quadro feito de pregos e barbante (ou linha) 
eu estou sempre querendo mudar algo no ambiente e decidir procurar como se faz um desses quadros. é bem simples. 
© Dose de Poesia. Todos os direitos reservados.
Layout produzido por: Fernanda Goulart
Com a ajuda de diversos sites de tutoriais.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo